Hora Silenciosa 

Leia · Medite · Memorize · Aplique · Compartilhe

Viver e morrer só tem sentido se for para Cristo.

Texto (tradução - NVI):

Filipenses 1.27-30
27 Não importa o que aconteça, exerçam a sua cidadania de maneira digna do evangelho de Cristo, para que assim, quer eu vá e os veja, quer apenas ouça a seu respeito em minha ausência, fique eu sabendo que vocês permanecem firmes num só espírito, lutando unânimes pela fé evangélica,  28 sem de forma alguma deixar-se intimidar por aqueles que se opõem a vocês. Para eles isso é sinal de destruição, mas para vocês de salvação, e isso da parte de Deus;  29 pois a vocês foi dado o privilégio de, não apenas crer em Cristo, mas também de sofrer por ele,  30 já que estão passando pelo mesmo combate que me viram enfrentar e agora ouvem que ainda enfrento.

Comentário:

Nós só nos esforçamos por aquilo que consideramos importante. Isso é natural e legítimo. O problema pode residir naquilo que, na prática, consideramos importante. Uma coisa é participar de um joguinho de futebol com amigos no fim de semana. Outra coisa é o compromisso de jogar na final da copa pelo seu país. No primeiro caso, qualquer contratempo é motivo para não jogar. Já no segundo caso, mesmo que estivéssemos contundidos e com dor, dificilmente abriríamos mão do jogo. O grande problema, então, é considerar a vida cristã como um joguinho de futebol de fim de semana. Qualquer exigência de um esforço maior do que o que estamos dispostos a fazer é motivo para abandoná-la. É por isso que vemos tantas pessoas largando a igreja, a oração e a leitura bíblica. A vida delas não está andando como gostariam, com menos contratempos e mais conforto. Os crentes de Filipos estavam sofrendo por causa do evangelho; ainda assim Paulo diz: aconteça o que acontecer, permaneçam firmes, vivendo de modo digno do evangelho. Em outras palavras, o reino de Deus é grande e importante demais para nós nos acovardarmos ou nos acomodarmos. O nível de comprometimento deve ser tão grande que até o fato de sofrermos por causa de Cristo deve ser considerado um privilégio (v. 29).

Uma coisa é sofrer por algo sem importância; outra é sofrer pelo evangelho! Ore a Deus pedindo coragem para viver e proclamar Cristo, seja qual for a dificuldade.

 

 

 

voltar para o índice