Hora Silenciosa 

Leia · Medite · Memorize · Aplique · Compartilhe

Texto:

Salmos 24.1-10
1 Do Senhor é a terra e tudo o que nela existe, o mundo e os que nele vivem;  2 pois foi ele quem fundou-a sobre os mares e firmou-a sobre as águas.  3 Quem poderá subir o monte do Senhor? Quem poderá entrar no seu Santo Lugar?  4 Aquele que tem as mãos limpas e o coração puro, que não recorre aos ídolos nem jura por deuses falsos.  5 Ele receberá bênçãos do Senhor, e Deus, o seu Salvador lhe fará justiça.  6 São assim aqueles que o buscam, que buscam a tua face, ó Deus de Jacó. Pausa  7 Abram-se, ó portais; abram-se, ó portas antigas, para que o Rei da glória entre.  8 Quem é o Rei da glória? O Senhor forte e valente, o Senhor valente nas guerras.  9 Abram-se, ó portais; abram-se, ó portas antigas, para que o Rei da glória entre.  10 Quem é esse Rei da glória? O Senhor dos Exércitos; ele é o Rei da glória! Pausa

Comentário:

Os versículos 1 e 2 trazem uma afirmação séria acerca da criação: tudo que foi criado por Deus pertence a Deus – da galáxia mais grandiosa à bactéria mais insignificante. O domínio que Ele delegou ao homem (Gn 1.26-30) não anula nem diminui Seu senhorio. Antes, qualquer autoridade que o homem tenha está sujeita à autoridade máxima do seu Criador. Por isso, Deus tem pleno poder e direito de exigir do homem conformidade aos Seus padrões morais e cultuais (v. 3-4; Sl 15), e para isso revelou-nos Seus mandamentos, primeiro através da Lei de Moisés e depois na pessoa de Cristo. Porém, as Suas exigências não são vazias, nem um fim em si mesmas. Elas trazem bênçãos aos obedientes (v. 5-6), como veremos amanhã. Os versículos 7-10 ressaltam e celebram a glória de Deus, usando a palavra hebraica kavod, que significa “peso”. Qual a ligação? Segundo John Oswalt, “kavod denota aquilo que o torna impressionante e exige reconhecimento”, a saber, a manifestação de Seu poder criativo, Suas justas exigências, Sua benignidade, Sua intervenção a favor de Israel (v. 8).

Autoridade, poder, justiça e glória exigem reconhecimento, convidam investigação, inspiram louvor. Agora que você já reconhece esses atributos de Deus, “A Natureza e o Caráter de Deus” de Winkie A. Pratney é uma boa ferramenta para a investigação. Use-a para aprofundar o seu louvor.

 

O texto acima foi extraído do Diário de Hora Silenciosa Jovem. Para adquirí-lo, clique aqui .

 

 

 

voltar para o índice