Hora Silenciosa 

Leia · Medite · Memorize · Aplique · Compartilhe


Provérbios 1.20-33
20 A sabedoria clama em voz alta nas ruas, ergue a voz nas praças públicas;  21 nas esquinas das ruas barulhentas ela clama, nas portas da cidade faz o seu discurso:  22 "Até quando vocês, inexperientes, irão contentar-se com a sua inexperiência? Vocês, zombadores, até quando terão prazer na zombaria? E vocês, tolos, até quando desprezarão o conhecimento?  23 Se acatarem a minha repreensão, eu lhes darei um espírito de sabedoria e lhes revelarei os meus pensamentos.  24 Vocês, porém, rejeitaram o meu convite; ninguém se importou quando estendi minha mão!  25 Visto que desprezaram totalmente o meu conselho e não quiseram aceitar a minha repreensão,  26 eu, de minha parte, vou rir-me da sua desgraça; zombarei quando o que temem se abater sobre vocês,  27 quando aquilo que temem abater-se sobre vocês como uma tempestade, quando a desgraça os atingir como um vendaval, quando a angústia e a dor os dominarem.  28 "Então vocês me chamarão, mas não responderei; procurarão por mim, mas não me encontrarão.  29 Visto que desprezaram o conhecimento e recusaram o temor do Senhor,  30 não quiseram aceitar o meu conselho e fizeram pouco caso da minha advertência,  31 comerão do fruto da sua conduta e se fartarão de suas próprias maquinações.  32 Pois a inconstância dos inexperientes os matará, e a falsa segurança dos tolos os destruirá;  33 mas quem me ouvir viverá em segurança e estará tranqüilo, sem temer nenhum mal".

Comentário:

Naquela época, a porta da cidade era onde os líderes se reuniam para formar um tribunal, era o lugar onde os negócios aconteciam. É nesse contexto que o jovem deveria tomar suas decisões baseado na sabedoria. A sabedoria estava disponível a todos, pois era oferecida ao homem na rua, e não a um grupo elitizado de pessoas. Portanto, o jovem precisava escolher a quem ele daria ouvidos, se à voz da sabedoria ou à voz da insensatez. O jovem deveria aprender a exercer o discernimento nas suas decisões. O verso 22 cita 3 tipos de pessoas.Elas tinham em comum o fato de terem desprezado a sabedoria, serem arrogantes cínicas e terem provocado a própria desgraça. Você conhece alguém que se encaixa nesse perfil? O que vai acontecer com essas pessoas de acordo com o texto bíblico? Ore por elas agora mesmo, para que elas se arrependam e encontrem em Cristo a verdadeira sabedoria. Como diz a famosa frase “O caminho escolhido define o destino!” Portanto, quais são as consequências para quem dá ouvidos à sabedoria? “O termo hebraico para ‘ouvir' é shema. A confissão da fé judaica em Deuteronômio 6.4, 5 é chamada de ‘O Shema'. ‘Ouvir' significa receber a Palavra de Deus e Lhe obedecer”. Portanto, quanto mais você conhece a perfeita Palavra de Deus, mais a sua vida deve refletir isso na prática. Fonte: Comentário Bíblico Expositivo (Warren W. Wiersbe)

Não se limite aos textos da sua Hora Silenciosa, leia mais; aproveite os textos citados abaixo e faça a leitura de toda a Bíblia em um ano! Atenda ao apelo da sabedoria!

 

 

 

 

O texto acima foi extraído do Diário de Hora Silenciosa Jovem. Para adquirí-lo, clique aqui .

 

 

 

voltar para o índice